quinta-feira, outubro 28, 2010

"Papando" Talefes...

Os marcos geodésicos de 3ª categoria são os que existem em maior quantidade e perto de Messejana existem alguns...
Comecei a voltinha da tarde de ontem por "papar" dois "talefes".
O primeiro foi o do Moinho da Quinta.
Gosto do efeito que o sol dá ás fotos...

 A seguir foi o das Antas. Bem escondido no meio da mata de eucaliptos...
 O céu tem destas coisas...
Lá está, mais um bonito efeito do sol.

A volta terminou tarde, fazendo cerca de 11kms já sem luz do dia.
Fiz apenas 36kms, mas, cumpri o treino que tinha planeado.
Sem tempo para pedalar hoje e amanhã, farei apenas no sábado umas voltinhas na vila e um pouco de rolo. Depois no domingo - Alvito!

segunda-feira, outubro 25, 2010

Acontece...

quarta-feira, outubro 20, 2010

Por canais e "Singletracks Caprinos"

Sem rumo! Foi assim que iniciámos o nosso passeio na manhã de terça-feira. Recebendo mais uma vez a visita do amigo Guia dos Santos e tendo o privilégio de fazer parte do primeiro passeio de BTT do Nuno, era suposto ser eu a estudar o percurso, o que não aconteceu. Partimos assim, sem rumo! Numa manhã fria mas nada que a primeira subida não resolvesse.
 Ultimamente a malta não se tem "safado" aos furos...

Recordam-se da ribeira que vos falei no último post?? Ah pois é, mais uma tentativa frustrada! Depois de Panóias, seguimos na direcção da Funcheira com o intuito de passar a dita ribeira sem ser pela ponte do caminho de ferro mas nada. Não conseguimos dar com o sítio.
Continuámos assim, mais uma vez, sem rumo certo, pelos, baptizados pelo Guia dos Santos, "singletracks Caprinos" umas boas centenas de metros até chegarmos à conclusão que não tínhamos saída... a solução... bem, a solução foi o canal! Ainda apresentava um palmo de água mas nada que não fosse "ciclável"!

 A foto da praxe!
 Houve tempo para voltar a Panóias para abastecimento de líquidos.
Uma bela manhã de BTT!

sábado, outubro 16, 2010

Monte da Rocha e... linha de ferro!

A companhia desta vez foi o amigo Fábio Brito. Começámos com algum azar, pois houve logo que estar a resolver furos...
Com o tempo limitado, a volta estava planeada mas com uma dúvida... não sabíamos se dava para passar a ribeira já perto do muro da barragem e não deu! A solução foi passar pela ponte da linha do comboio que apresenta algum risco, não só pela sua altura, como pode vir o comboio, que para nosso descanso tinha passado por nós alguns minutos atrás.
 Pose para a foto!

 Passámos por trilhos espectaculares mas a maior parte foram estradões...
 No comments...
Como é que ele vai sair dali??
 Nem sempre temos a oportunidade de fotografar um bonito Alacrau... :-)
Pisámos o pedal durante quase 50kms, o que deu para sentir nas pernas a falta de treino.
Venha o próximo!

quarta-feira, outubro 13, 2010

Manutenção da Rockhopper

Já não era sem tempo! Amanhã será dia de fazer a manutenção à Rockhopper! No plano está limpeza geral aprofundada desmontando e montando. A transmissão já pede a reforma há uns quilómetros valentes mas não tem havido muito t€mpo... Sei que preciso de mudar muita coisa, mas só que a deixe porreira para o Raid de Alvito já é muito bom. Depois de uma boa queda na semana passada nem sei bem como é que algumas peças estão...
Se tudo correr bem, da parte da tarde será um bom passeio na montada acabadinha de lavar.
Esta semana tenho andado sem muito, de maneira que só na segunda-feira é que fiz um pouco de rolo e já eram umas 23h00...

segunda-feira, outubro 11, 2010

Évora e... de comboio!

Ora bem, aproveitando uns dias a mais de folga lá decidi ir passear até Évora. Era para ir de bike, mas as previsões de chuva fizeram com que o meio de transporte escolhido fosse... o comboio! Ah pois é! Eu sei lá há quanto tempo não andava de comboio...?!
Eram 10h00 e já estava eu na estação da Funcheira, que não se livrou de lhe tirar umas fotos, pois o telhado daquilo é interessante - são conchas!
Passei por alguns montes já antes fotografados nas voltinhas de BTT...
Na chegada à estação do Carregueiro (sim, não sabia que o gajo parava lá, então fui para a Funcheira...) Fiz um pequeno vídeo com a banda sonora que ia ouvindo no mp3 - Motorhead! :-)
video
Heheheh.
Já em Évora, começou logo bem a tarde...
E não podiam faltar as fotos na Praça do Giraldo! :-)

No dia seguinte foi dia de visitar o Cromeleque dos Almendres...

 Bem perto, dei conta de pessoal a acampar e com as bikes encostadas. A foto foi de longe...
Para acabar em beleza, à noite, concerto em Beja com os Mudo As Maria!
http://www.myspace.com/mudoasmaria

Foram muito fixe estes dias... sem bike mas com muitas outras coisas!

domingo, outubro 10, 2010

Pardieiro - Barragem da Daroeira - Aldeia dos Elvas

Uma semana depois, na quarta-feira, voltei a pegar na Rockhopper para mais umas pedaladas de BTT. Saí só da parte da tarde mas ainda deu para desfrutar um bom bocado.
A primeira paragem aconteceu na Barragem do Pardieiro.
Estava um pouco de vento e não me importei de descer até à Barragem da Daroeira, pois para cima iria vir com o vento pelas costas... :-)
Quase em conta-relógio, cruzando todo o novo olival do Carapetal , fui até Aldeia dos Elvas onde fiz a última paragem para abastecimento...
Foram cerca de 42kms bem agradáveis de BTT.

sábado, outubro 02, 2010

Burros e Nossa Senhora do Castelo

Não tenho estado parado desde a pescaria.
A temperatura está cada vez melhor para uns passeios de BTT, com boas manhãs solarengas e cheiros do Outono cada vez mais acentuados (falta umas pingas!). Na terça-feira lá tirei as teias de aranha de cima da Rockhopper e pisei o pedal pelos caminhos do concelho.
Desta vez não me esqueci da "máquina dos retratos" e fiz umas paragens. A primeira, para pequenas afinações e colocar ar no pneus, a segunda, para fotografar os que iriam ser os meus companheiros de volta por algumas centenas de metros... burros, e muitos!
Abri a porta de vedação se segui por esse caminho sempre acompanhado pelos burrinhos que de volta e meia me zurravam aos ouvidos! Hehehehe!
A ideia era de uma volta curta e não ir mais além de Aljustrel. Nunca tinha ido de bike à Nossa Senhora do Castelo papar o "talefe" de 1ª categoria que por lá se encontra e assim tive um bom motivo para subir até lá acima.


A igreja tem alguma beleza...

Já no seu interior, eis a pedra da Lenda da Nossa Senhora do castelo.
 Aproveitei e pedi para que no resto da volta não tivesse nenhum furo, pois não tinha câmara de ar suplente... ;-)
Bem, e foi assim uma exelente manhã de BTT e "retratos". Uma voltinha que não chegou a 40kms mas que me deu muito prazer.
Na quinta e na sexta-feira dei a uma corridinha de 30min.
Abençoados sejam!
 
Site Meter